Por: Equipe NetFighter | 12 de março de 2017

0.

Neste sábado, 11, o UFC realizou sua primeira edição no Brasil em 2017. Vitor Belfort era o responsável por liderar o card recheado de brasileiros no Centro de Formação Olímpica (CFO), em Fortaleza, Ceará. Porém, o veterano de 39 anos sucumbiu diante de Kelvin Gastelum, de 25 anos, e perdeu por nocaute técnico no 1º round. Em entrevista coletiva após a terceira derrota seguida, o Fenômeno admitiu que chegou a hora de parar.

*”A aposentadoria já estava decidida, só não tinha anunciado ainda. Chegou minha hora de encerrar meu capítulo como lutador profissional. Meu corpo já não é a mesma coisa para o treinamento, é muita dor. São mais de 14 cirurgias que eu já tive. Deixei tudo no octógono, fiquei triste de não dar a vitória para meus compatriotas, mas faz parte. Fazer treinamento para cinco rounds é muito sacrificante no corpo. Eu estava muito bem, mas ele conectou uns golpes muito bons, foi a noite dele hoje”, disse Belfort, que completou 20 anos de carreira, e voltou a lembrar a sugestão para a criação de uma “categoria de lendas” no UFC, com lutadores veteranos.

Belfort perde por nocaute técnico para Gastelum: Fenômeno admite que chegou a hora de parar (Foto: UFC)

*”Reitero essa ideia, não só a gente daria muito mais conteúdo para vocês e para os fãs, mas traria muita gente de volta, com luvas novas, tempos de round reduzido, acho que vocês poderiam presenciar algo muito gratificante. A gente sente saudades de muita gente competindo. Mas cinco rounds, toda essa juventude, é muito sacrificante no corpo. Da minha era, não vejo mais ninguém em ação. Tenho certeza, se essa liga dentro do UFC fosse criada, seria uma coisa que ia revolucionar o mercado do MMA, e vocês poderiam ver um pouquinho mais de Vitor Belfort”, afirmou a lenda, que ainda no octógono pediu para lutar no UFC no Rio de Janeiro, em 3 de junho.

O UFC Fortaleza teve ainda vitória de Maurício Shogun sobre Gian Villante e o nocautaço com joelhada voadora de Edson Barboza em Beneil Dariush (vídeos abaixo).

Confira os resultados abaixo.

UFC: Belfort x Gastelum
Sábado, 11 de março de 2017
Centro de Formação Olímpica, Fortaleza, Ceará

Card principal:
Kelvin Gastelum venceu Vitor Belfort por nocaute técnico aos 3:52min do R1
Maurício Shogun venceu Gian Villante por nocaute técnico aos 59s do R3
Edson Barboza venceu Beneil Dariush por nocaute aos 3:35min do R2
Ray Borg venceu Jussier Formiga por decisão unânime (triplo 29-28)
Bethe Correia x Marion Reneau foi empate majoritário (29-27 Reneau, 28-28 e 28-28)
Alex Cowboy venceu Tim Means por finalização aos 2:38min do R2

Card preliminar:
Kevin Lee venceu Francisco Massaranduba por finalização aos 3m12s do R2
Serginho Moraes venceu Davi Ramos por decisão unânime (triplo 30-27)
Joe Soto venceu Rani Yahya por decisão unânime (29-28, 29-27 e 29-27)
Michel Trator venceu Josh Burkman por finalização a 1m42s do R1
Jeremy Kenedy venceu Rony Jason por decisão unânime (29-28, 29-28 e 29-27)
Paulo Borrachinha venceu Garreth McLellan por nocaute técnico a 1m17s do R1

*Como transcrito pelo Combate.com

Deixe seu comentário!