Por: Equipe NetFighter | 24 de fevereiro de 2017

0.

*por Guilherme Cosenza

Musa do America-RN e da escola de samba Unidos de Vila Maria, Alane Pereira é uma das belas mulheres que embelezam os eventos de MMA nacional. Com belas curvas e um carisma próprio que cativa a todos em poucos minutos, a modelo conversou com a nossa equipe e preparou um ensaio todo especial para os leitores do Netfigher. Confira abaixo a entrevista que essa natalense que já levantou a placa em eventos como Shooto, NFC, Coliseu, entre outros, fez com a nossa equipe, acompanhe:

Nome: Alane Pereira

Signo: Escorpião

Naturalidade: Natal – RN

Altura: 1,70 m

Idade: 31 anos

Peso: 62 kg

Cintura: 70 cm

Quadril: 104 cm

Busto: 42 cm

Estado Civil: Namorando

Comida preferida: Sushi

Parte do corpo que mais gosta: “Meu sorriso, é a porta da minha alma. Também sou muito feliz com as minhas curvas”.

Onde mora: “Moro no mundo todo (risos), vivo em São Paulo e no Rio de Janeiro e onde tiver trabalho, gosto de dizer que tenho uma vida cigana, onde precisar ir eu vou”.

Hobby: “Gosto de malhar. Mas quando estou de folga amo passear e ir a praia com meus filhos”.

NETFIGHTER: Como você começou a trabalhar como modelo?

ALANE PEREIRA: Minha vida toda sempre fui apaixonada pela área, sonho em ser atriz, pretendo estudar teatro, mas tudo começou quando eu tinha 13 anos e comecei a fazer alguns desfiles. Fiz alguns cursos de moda em Natal e me profissionalizei, sempre tive uma veia artística forte.

NETFIGHTER: Como foi sua experiência como musa do America-RN?

ALANE PEREIRA: Fui em 2015 escolhida como musa do time, foi ano do centenário, Por isso me transformei na “Musa do Centenário”. Com isso, sempre sou chamada pelo clube e muitas pessoas me procuram, é muito gostoso esse retorno. Na minha cidade as meninas sonham em ser musas do America-RN e outro clubes da região e eu consegui, acabei me transformando em uma referência para as meninas da minha cidade que possuem o mesmo sonho.

NETFIGHTER: E como é fazer parte de uma escola do grupo especial de São Paulo?

ALANE PEREIRA: Sou apaixonada pela Unidos de Vila Maria e amo muito o carnaval. Esse ano a escola vai falar da Nossa Senhora de Aparecida, o tema é muito especial e a escola estará vindo linda na avenida.

NETFIGHTER: Como você está se preparando para ficar em forma no Carnaval?

ALANE PEREIRA: Ralando muito (risos). Tenho a minha personal Márcia Moura, que é uma verdadeira carrasca (risos), que me treina e pega pesado comigo. A cada momento eu trabalho com uma meta, atualmente o foco é carnaval, por isso treino três vezes ao dia, fazendo aeróbico de manhã e de noite, já na parte da tarde faço treino de força.

NETFIGHTER: Você é envolvida com o Carnaval e com Futebol, como foi parar no MMA?

ALANE PEREIRA: Entrei no MMA por acaso há cinco anos. Um amigo estava promovendo um evento, o Fort MMA e me chamou para ser a ring girl, como ninguém topou porque não era comum na época, só eu topei. Acabei sendo a única a levantar a plaquinha e passar nas 10 lutas. Nunca tinha feito nada e amei muito participar do MMA. Com isso passei pelo Shooto, Coliseu, NFC e alguns outros eventos pelo país todo e abri mais uma vertente no meu trabalho.

NETFIGHTER: Você já conseguiu firmar sua imagem em diversos nichos, o que mais a Alane quer?

ALANE PEREIRA: Eu tenho um sonho de ajudar jovens que como que eu, sonham em correr atrás de uma carreira. A minha cidade é muito pequena e para quem quer construir uma carreira artística é muito difícil, não temos o mercado que se tem em cidades como o Rio de Janeiro e São Paulo. Com isso muitas meninas não sabem por onde começar e quero ajudar elas nisso.

NETFIGHTER: O que você pode dizer a essas garotas que querem seguir uma carreira como você?

ALANE PEREIRA: Diria para que nunca desistam. Pode se lutar com dignidade e respeito pelos seus sonhos, por mais que o mundo possa banalizar a nossa profissão, existe muita gente que trabalha sério e sustenta suas famílias. Se você tem um sonho dentro de você e ele grita diariamente, é porque tem um motivo pra isso, então nunca desista. Covarde é quem não luta pelo que quer. Então levante todas as vezes que for preciso, mas nunca desista.

NETFIGHTER: O que podemos esperar da Alane para 2017?

ALANE PEREIRA: Quero trabalhar muito como modelo que é área que eu gosto e amo. Sou como um lutador de MMA, levo muita porrada toda hora, varias portas na cara, mas estou ali vestindo o sorriso na cara e lutando por um objetivo. Quero trabalhar muito, quero uma overdose de trabalho. Vou onde me for cabível ir para conquistar meus objetivos.

Instagram: alanepereiraoficial

Crédito nas fotos: Hilton Ilford

Deixe seu comentário!