Por: Equipe NetFighter | 26 de março de 2017

0.

O Brave Combat Federation realizou a sua terceira edição no dia 18 de março, em São José dos Pinhais, Paraná, em seu primeiro evento em solo brasileiro. O combate principal seria entre o ex-UFC Lucas Mineiro e Paulo Bananada, que se lesionou na semana da luta e foi substituído pelo mexicano Fabian Galvan.

Após um primeiro round em que Galvan acertou golpes mais precisos, Lucas Mineiro voltou mais agressivo para o segundo e finalizou o rival após uma sequência de golpes que o levou ao chão (VÍDEO ACIMA).

Em entrevista ao NetFighter, o atleta da Chute Boxe/Diego Lima analisou o combate como difícil, mas demonstrou confiança em seu treinamento, mesmo com a troca de oponente na semana da luta: “Soco e chute eu tomo todo dia na academia então foi só questão de tempo pra eu finalizar”, afirmou o lutador, que afia a arte suave na Guigo Jiu-Jitsu.

Lucas Mineiro chegou à sua décima nona vitória na carreira e agradeceu ao evento pela oportunidade de realizar a luta principal da noite: “A valorização que o evento vem dando pra mim, respeitando bastante, me colocando lá em cima, então tive que me mostrar à altura”.

Quando o assunto é a provocação de Paulo Bananada que, entre outras coisas, afirmou que Mineiro já havia negado lutar com ele em duas oportunidades, Lucas foi taxativo.

“Eu nem sei quem é esse cara. Eu sou a bola preta da sinuca, todo mundo quer me matar, então ele vai ter que entrar na fila”.

*colaboração de Sabrina Santos

Deixe seu comentário!